O amanhã não existe na hora de viajar

Você começa a sonhar em conhecer um determinado lugar no mundo. Faz planos mentais de como seria interessante e enriquecedor viajar a este lugar, do quanto o tempo fora seria proveitoso e feliz. Quem sabe essa viagem ajudaria você a pensar melhor, a rever a sua vida, a descansar ou simplesmente a aproveitar. Você olha fotos, busca ler sobre o destino que você sonha e quanto mais você sabe sobre o local, mais você sonha em conhecê-lo. Com tantos detalhes, você começa a ficar inseguro e de repente desiste. “Ainda não é o momento” – você pensa. Eu discordo.

Vamos partir do seguinte princípio: sempre poderíamos ter mais tempo, mais dinheiro, uma companhia perfeita e um planejamento melhor. Infelizmente, na realidade da maioria não é assim. Nossos dias de férias sempre serão limitados, sempre teremos contas pra pagar, dificilmente teremos dinheiro sobrando na nossa conta bancária e até deixaremos para arrumar tudo de última hora por falta de tempo para fazer isso antes.

É lógico que esses fatores – dinheiro, tempo, disponibilidade – são importantes. Mas tem algo que vem antes de tudo isso e é, certamente, o mais essencial: a decisão de ir. O primeiro fato que devemos aceitar antes de qualquer viagem (e quem sabe até antes de qualquer coisa que desejamos fazer na vida), é que os obstáculos, as dificuldades e as situações menos favoráveis sempre existiram e continuarão existindo; por isso não devemos usá-las como desculpas para deixar de fazer as coisas (até porque, para cada desculpa há uma solução).

É preciso perder o medo do desconhecido e ter finalmente, a coragem necessária para tomar a decisão de ir, se isso é realmente o que se deseja. Conecte-se emocionalmente com a sua decisão e o resto será mais fácil e natural depois.

Portanto, aceite: o momento perfeito para viajar não existe. E é por isso que uma vez tomada a decisão, é preciso ir. E ir agora, que pode até não ser o momento perfeito, mas é com certeza o melhor de todos eles.

Anúncios

19 comentários sobre “O amanhã não existe na hora de viajar

  1. Você tem toda razão, fiz uma reflexão parecida para o fim do ano, mas não somente falando de viajar, mas em todos os termos da vida. Minha mãe que sempre fala isso, você pergunta pra pessoa se ela quer ir a determinado passeio, e a pessoa fica se lamentando dizendo que não tem dinheiro, isso e aquilo, aí minha mãe diz, eu perguntei se você quer ir e não se pode. Parabéns pelo post.
    Minha reflexão: https://patricionico.wordpress.com/2014/12/30/reflexao-de-ano-novo/

    Curtido por 2 pessoas

  2. Gostei, tem toda razão. Fiz uma viagem ao norte do Peru no final do ano meio assim, na cara e coragem, e foi uma das melhores viagens de toda a minha vida. Imagina se eu tivesse planejado tudo direitinho? Rsrsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

      1. Olha, Isadora, eu só tinha ouvido falar do sul, Cuzco, Machu Pichu, Arequipa… O norte é incrível! Havia civilizações por lá contemporâneas aos egípcios, com pirâmides enormes cheias de tesouros. A gente só ouve falar dos incas, mas na verdade eles foram herdeiros das culturas pré-incaicas, os chimus, moches, cupisniques… Visitei escavações arqueológicas, museus fantásticos, locais de cinema estilo Indiana Jones! Sem contar o povo bárbaro, o clima excelente e a comida deliciosa. Fiz até um videozinho meio tosco resumindo a viagem! Adorei e quero voltar!

        Curtido por 1 pessoa

    1. Julio! Adorei! Falando assim parece ser um lugar realmente fascinante. Depois do seu relato, já adicionei na minha lista haha! E apesar de estar um pouco longe, pode ter certeza que distância não é problema. Assim que tiver a oportunidade, vou aproveitar. Você tem o vídeo publicado em algum lugar? 🙂 Obrigada pela dica!

      Curtir

  3. Oi Isadora!!! Tô meio ausente do meu blog e dos demais, mas é que fiz uma cirurgiazinha e agora to voltando a realidade…kkk…primeiro de tudo, adoro o nome do seu blog. As vezes ele me soa como um mantra…viajei? mas é. E depois…esta do momento perfeito, existe nada, concordo com vc..parece brincadeira mas quando vc planeja algo, parece que até o universo conspira ao seu favor…e começa a lhe dar uns sinais ou tapas na cabeça como “vá logo” “faz ai” “pisa na jaca”…certissima vc! adorei o post, lindas palavras!!! Beijo

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Murilo! Muito obrigada pelo seu comentário… saiba que o nome do blog é como se fosse um mantra sim, fico feliz que você goste 🙂 E é isso mesmo. O melhor momento é quando a gente tem vontade. O resto sempre se ajeita no caminho! Um beijo e boa recuperação pra você!!!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s