Como é ser mulher e morar na República Tcheca

Talvez eu tivesse demorado ainda mais tempo para perceber o quanto é difícil ser mulher e morar no Brasil se eu não tivesse me mudado para a República Tcheca. Quem é mulher sabe o quanto somos tratadas com desigualdade, como inferiores ou até com indiferença em muitas situações, como se para muitas coisas nossa opinião não tivesse nenhum valor. Ser mulher no Brasil é um desafio ainda maior – é uma luta interma e diária para ouvir tantos comentários ofensivos, tantos “elogios” (not), entre outras coisas bem desagradáveis com certa frequência e mesmo assim não desistir.

Quando cheguei na República Tcheca pela primeira vez, tive a sorte (e a surpresa) de me deparar com uma realidade bem diferente – para não dizer oposta – do Brasil. Desde o primeiro dia aqui, fui tratada de igual para igual em todas as situações e posso afirmar que até o dia de hoje, não tive nenhuma vantagem ou desvantagem por ser mulher.

Por isso, hoje vim aqui dividir a minha experiência de como tem sido ser mulher na República Tcheca e as maiores diferenças que eu encontrei desde que cheguei aqui. São apenas alguns poucos detalhes da minha rotina, mas que no final fazem uma grande diferença.

Estar e viajar sozinha

Quando vim morar em Praga, vim sozinha e durante esses anos que moro aqui também viajei sozinha diversas vezes. Assim como eu, várias outras mulheres fazem a mesma coisa e isso nunca foi alvo de comentários maldosos. Pelo contrário, todos sempre demonstraram interesse e me incentivaram a seguir com essas experiências.

Viajar é preciso, ter companhia não!

Gostar do próprio corpo & ter liberdade

É impressionante o quanto as mulheres tchecas são seguras de si mesmas e se aceitam do jeito que são, incluindo escolhas de vida e aparência física. Aqui quase não existe essa “ditadura da beleza e do corpo perfeito”, cada uma é (e se sente) livre para usar o que quer, ser como se é e, acreditem ou não, não são julgadas pelos homens e nem mesmo por outras mulheres por serem e agirem assim assim.

Segurança

A República Tcheca é um país muito seguro para todas as pessoas que vivem aqui. Como mulher, eu também me sinto muito segura em fazer certas coisas que em muitos lugares eu nunca faria: caminhar sozinha e usar o transporte público a noite sem receio de que alguma coisa aconteça. Além disso, a República Tcheca é um dos únicos países da Europa onde ainda é feita a cirurgia de castração para criminosos sexuais (já falei sobre isso nesse post aqui).

Publicidade

Mulher e cerveja? Aqui não! Até nisso o país é diferente: as propagandas normalmente usam animais, alguma frase de impacto ou até mesmo o próprio logo da marca para divulgar os produtos; sem apelação ou distorção da realidade. Uma das cervejas mais populares, por exemplo, usa uma cabra como “garota propaganda”. Uma outra marca usa o rosto do próprio dono (que pediu que assim fosse feito) para a publicidade da cerveja.

A marca de cervejas Kozel e sua cabra.
A marca de cervejas Kozel e sua cabra.

É claro que a realidade ainda não é de total igualdade entre homens e mulheres, mas de uma coisa eu tenho certeza: ser uma mulher na República Tcheca tem sido uma tarefa bem mais fácil do que eu imaginava. Ainda bem.

  • O texto foi baseado na minha experiência, não é uma tentativa de generalizar nenhum lugar ou país.
Anúncios

13 comentários sobre “Como é ser mulher e morar na República Tcheca

  1. É mais um dos seus posts em que o nome do blog tem tudo haver. Já visitei Praga, mas eu era tão nova que nem podia sair sozinha e explorar, agora fiquei com vontade de voltar, embora esse ano eu já tenha planejado explorar (quase) todo o Estado de São Paulo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s