As melhores experiências que tive viajando pela Ásia

Todas as viagens são especiais, não importa o lugar nem a duração e a experiência de conhecer algo novo é sempre a melhor parte. No entanto, há momentos e situações que se destacam e deixam a viagem ainda  mais especial. No post de hoje eu listei algumas das experiências mais especiais que já vivi durante todas as viagens que eu fiz à Ásia, o meu continente favorito para viajar (a ordem é aleatória).

Nascer do sol em Angkor Wat, no Camboja

O Camboja ocupa um lugar muito especial na minha memória e eu já falei isso muitas vezes por aqui. Assistir o sol nascer em Angkor Wat é um experiência bem turística e popular em Siem Reap, mas é com certeza inesquecível e muito especial. Quando estive por lá, o nascer do sol não foi daqueles mais coloridos, mas valeu a pena acordar às 4 da manhã e ver os templos aparecendo com a luz do dia.

Conversa com um monge budista em Chiang Mai, na Tailândia


Chiang Mai
é certamente uma das minhas cidades favoritas. É cheia de coisas para ver e fazer, tem templos maravilhosos, tem uma localização previlegiada, perto de vários outros lugares interessantes e da natureza. Durante os dias que eu passei lá, gostei de muitas coisas mas acredito que a experiência que mais se destacou na minha viagem foi ter conversado com um monge budista. Os monges estão disponíveis para uma conversa com os estrangeiros do lado de fora de alguns templos e eles fazem isso para aprimorar o inglês, já que a maioria deles tenta aprender este idioma. É possível conversar com eles sobre qualquer assunto e a experiência é única! Já escrevi mais sobre Chiang Mai e esta experiência aqui: 5 coisas que eu faria em Chiang Mai.

Andar de barco no rio Ganges, na Índia

DCIM100GOPROGOPR4691.

Um dos maiores sonhos da minha vida era conhecer a Índia – e esta, por si só, já foi uma experiência inesquecível. No entanto, conhecer Varanasi (a cidade mais sagrada da Índia) e andar de barco pelo rio Ganges foi, com certeza, uma experiência que me marcou bastante. Varanasi é o lugar mais diferente que eu já conheci e foi o lugar que mais testou a minha paciência, a minha habilidade de adaptação, de entendimento e de compreensão. Fiz o passeio de barco 3 vezes e se tivesse mais tempo, teria feito de novo.

Mergulhar em Palawan, nas Filipinas

DCIM101GOPRO

Conheci as Filipinas há alguns anos e por sorte estive em Palawan com outros pouquíssimos turistas (parece que agora virou um destino bem popular entre os vajantes). O país tem muitos problemas, mas também tem pontos muitos positivos. Um deles é a natureza incrível e um mar azul – quase – transparente, perfeito. Estive na ilha de Palawan por uma semana e fui mergulhar todos os dias. O fundo do mar é um lugar fascinante e muito misterioso. Quando eu fui, por sorte, os corais ainda estavam bem preservados.

Conhecer e amar Singapura (e voltar para lá)

Singapura

Cheguei em Singapura pela primeira vez sem grandes expectativas e saí de lá apaixonada e com muita vontade de voltar. No ano seguinte, fui novamente e o meu amor por Singapura apenas cresce a cada visita.

Viajar sozinha pelo Japão

O Japão foi o primeiro país asiático que eu viajei sozinha. Foi uma decisão muito acertada e foi uma experiência fascinante como um todo. Além do mais, é um país excelente para mulheres que viajam sozinhas: é seguro, tranquilo e com uma ótima estrutura para quem gosta de viajar. Nos últimos dias a viagem, ainda tive a sorte de reencontrar algumas amigas japonesas e isso só deixou a viagem melhor ainda.

Conhecer Hong Kong e seus andaimes de bambu

Já escrevi aqui no blog um texto sobre o quanto os andaimes de bambu em Hong Kong me deixaram impressionada. É incrível ver o quanto uma cidade tão grande e moderna ainda preserva algumas de suas tradições mais antigas. Uma delas, é o uso de andaimes de bambu (conhecidos por Taap pang)para erguer as construções da cidade. É um contraste muito interessante e por sorte, ainda muito visível pela cidade.

Descobrir as influências portuguesas em Macau

IMG_8608

Passei um dia em Macau durante que o período que eu estava em Hong Kong e foi uma experiência muito especial porque eu adorei ver a influência portuguesa (incluindo a língua portuguesa) por todos os lugares. Até a comida tem influência portuguesa: Macau tem uma versão própria inspirada no pastel de nata.

Passar o Deepavali em Kuala Lumpur, na Malásia

IMG_5714

Como falei anteriormente, conhecer a Índia era um sonho antigo. Enquanto isso não acontecia, tive a sorte de conhecer Kuala Lumpur, uma cidade maravilhosa e com influências culturais muito fortes. A minha primeira vez na cidade foi marcada pelo Deepavali (também conhecido como Diwali), uma festa religiosa hindu, também celebrada na Malásia. Foi uma experiência muito especial ter participado de algumas das celebrações deste dia.

Quais são as suas melhores experiências de viagens?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s