MALTA – o que saber antes de ir

Malta é um pequeno país localizado no sul da Europa, é um dos menores países do continente e o que possui a maior densidade demográfica: numa área de apenas 316km², Malta tem aproximadamente 450,000 habitantes. No verão, dizem que a população chega a triplicar devido ao turismo, já que Malta tem praias paradisíacas e cidades históricas de muito interesse cultural. O post de hoje é uma lista de informações práticas para quem pretende viajar a Malta por conta própria, com todas as informações necessárias para ajudar no planejamento da viagem. A lista é baseada na minha experiência e no que eu fiz/usei/vivi por lá.

IMG_4953

Visto
Malta faz parte da União Europeia e do Espaço Schengen, portanto brasileiros são isentos de visto para uma estadia de até 90 dias.

Dinheiro
A moeda utilizada em Malta é o Euro. Há diversas casas de câmbio no país e também caixas automáticos para fazer saque de dinheiro.

Acomodação
Por ser um país pequeno, escolher a cidade onde ficar não é assim tão relevante. É possível percorrer Malta inteira facilmente, principalmente se você estiver de carro, então isso facilita na hora de escolher a acomodação. Eu fiquei hospedada em St. Paul’s Bay (o hotel foi o Sunstone Guest House) e achei a localização ótima.

Processed with VSCO with hb2 preset

Segurança
Malta é um país seguro igual como a maioria dos países europeus. Na alta temporada é preciso ter mais cuidado com furtos em lugares muito cheios e eventuais problemas no trânsito.

Alimentação
Os pratos tradicionais de Malta costumam lembrar um pouco a comida italiana. Há pizzas tradicionais, pratos de massas e carnes. Além disso, por ter uma forta influência da Inglaterra, também se encontra com muita facilidade comida inglesa, como por exemplo, o famoso peixe frito com batatas fritas. Uma boa parte dos restaurantes e hoteis também servem o café da manhã inglês. Restaurantes de fast food são encontrados com facilidade. Durante a alta temporada, os restaurantes costumam estar cheios então é uma boa ideia fazer uma reserva com antecedência caso você queira comer em algum lugar específico.

IMG_5419
Bragioli, um prato tradicional de Malta.

Transporte
Por ser um país pequeno, viajar por Malta não é complicado. Há ônibus locais que precorrem a ilha, ônibus turísticos e também há a possibilidade de alugar um carro. Os ônibus locais não passam com muita frequência, então tem que levar em conta an hora de planejar a viagem, o tempo de espera por cada ônibus e o tempo de deslocamento que pode ser bem longo (apesar de percorrer uma área bem pequena).
Se tem um fato que eu não esperava sobre Malta é o trânsito: um dos piores que eu já vi com certeza. Por ser um país muito pequeno e com uma população tão grande, há engarrafamentos o tempo todo, por todos os lugares. Durante a minha viagem, era normal ficar parado mais de uma hora no mesmo lugar e demorar mais de uma hora para percorrer alguns poucos quilômetros. E olha que eu fui no começo do inverno…

IMG_4129

Para conhecer Gozo e Comino (as outras duas ilhas menores que formam a República de Malta), há o ferry local e também os barcos turísticos. Eu optei pela segunda opção pois achei os horários de ida e volta mais convenientes. Como fui a Malta na baixa temporada, os horários de funcionamento do ferry e dos serviços turísticos eram diferentes e mais limitados do que durante o verão.

Comunicação
O idioma oficial de Malta é o maltês, mas o inglês é falado por todos então, caso você fale ou entenda um pouco de inglês, não há nenhuma dificuldade em se comunicar. Inclusive, Malta é um destino muito comum entre as pessoas que desejam fazer um intercâmbio de pouco tempo para aprender inglês e há diversas escolas que oferecem cursos para pessoas de todas as idades.

Fazendo a mala
Malta é um país católico e não há nenhuma restrição especifíca quanto ao que vestir. No mais, Malta tem um clima bem quente durante o verão e bem ameno no inverno – uma boa opção para fugir do inverno frio se você mora num país frio.

Processed with VSCO with a6 preset

Anúncios

8 comentários sobre “MALTA – o que saber antes de ir

    1. Oi Tati, obrigada! Olha, eu fui no inverno e na baixa temporada, então realmente não vi muita gente andando de bicicleta (apesar que de que a temperatura estava ótima). Acredito que no verão mais pessoas andem de bicicleta sim, já ouvi falar sobre tours de bicicleta por Malta, lugares que alugam bicicletas… então acho que o pessoal anda sim. O trânsito é realmente caótico e isso foi uma coisa que eu não esperava!

      Curtido por 1 pessoa

        1. Olha. já fui a SP algumas vezes mas não sei se tenho experiência suficiente para comparar. Vou deixar alguns links de notícias aleatórias que encontrei aqui para você ter uma ideia. De todas as formas, não deixe isso desanimar você, Malta é um lugar incrível!

          https://lovinmalta.com/sponsored/7-ways-to-deal-with-being-struck-in-traffic-in-malta

          http://www.independent.com.mt/articles/2017-01-23/local-news/Traffic-congestion-costs-Malta-200-million-will-worsen-by-2050-if-nothing-changes-Joe-Mizzi-6736169459

          https://www.tvm.com.mt/en/news/update-tourists-walk-airport-due-traffic-congestion/
          🙂

          Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s