Como planejar uma viagem e montar o roteiro

Mais de 50 países visitados e eu ainda demoro até conseguir montar um roteiro de viagem que realmente me agrade. A experiência que eu tenho me ajuda, claro, mas não completamente, afinal cada viagem é única, cada lugar é diferente e cada plano que eu faço é inédito e sempre acaba parecendo que é a primeira vez. Não deixa de ser, né?

Os lugares mudam e eu também. Muda também a minha vontade, a minha disponibilidade e as minhas preferências. Às vezes, quero fazer uma viagem com um roteiro bem flexível, que aceite mudanças de planos e que seja algo mais no estilo slow travel. Já outras vezes, quero fazer uma viagem bem programada e estudada, com um roteiro específico e com um bom planejamento de tudo o que eu quero ver e fazer. Independentemente do estilo da viagem, sempre monto um roteiro, faço um planejamento (mesmo que mínimo) e sigo alguns passos nesse processo para não me perder – a ordem parece estranha, mas é assim mesmo que eu faço.

Tempo e dinheiro
A primeira coisa que eu faço na hora de começar a montar um roteiro de viagens é saber quanto tempo e quanto dinheiro eu tenho disponível para viajar- antes mesmo de decidir o destino. Baseado nos dias que terei disponíveis e no valor total que tenho para pagar pela viagem, eu então escolho o destino.

Escolha do destino
Por ser uma pessoa que quer conhecer todos os lugares possíveis nesse mundo, não tenho nenhum problema em adaptar o destino de uma viagem de acordo com a minha disponibilidade de tempo, dinheiro e vontade no momento. Tento escolher o destino de uma viagem assim, com bastante flexibilidade e aproveitando as oportunidades e as possibilidades que aparecem.

Planejamento básico
Depois de decidir o tempo, orçamento e destino da viagem, é hora de fazer um planejamento básico: pesquisar sobre o local, meios de transporte, opções de acomodação, hábitos e cultura local, segurança e outras informações importantes para a viagem (vistos, vacinas, documentos necessários). Também planejo quantos dias serão necessários em cada cidade, caso eu planeje um roteiro que passe por várias cidades e/ou países.

Mapas e moedas

Tomar as providências necessárias
Já tendo uma ideia do que é necessário para a viagem, é preciso tomar as providências: solicitar um visto quando preciso, tomar vacinas, pedir um novo passaporte, solicitar a carteira internacional de motorista, pesquisar

Fazer o planejamento financeiro
Chegou a hora de fazer o planejamento financeiro antes de fazer as reservas. Esse é o momento de saber quanto dinheiro ainda é preciso economizar (e como fazer isso), qual será a forma de pagamento (antecipado, parcelado, pagamento no local…) e também a hora de planejar como trocar o dinheiro para a moeda local (se necessário).

Reservar o transporte
Começo a fazer as reservas pelo transporte. Primeiro, reservo transporte até o destino da minha viagem e depois faço as reservas dos transportes locais. Quando não é possível reservar os transportes no local de destino com antecedência, pesquiso bem sobre como fazer quando eu chegar.

IMG_20171028_145536
A minha primeira viagem no A380 da Emirates.

Reservar a acomodação
Depois de reservar o transporte, faço as reservas da acomodação. Em praticamente todas as viagens, faço as reservas pelo Booking.com e nunca tive problemas. Tento reservar locais que tenham uma boa localização e antes de viajar, sempre olho a rua do hotel pelo Google Street view para ter uma ideia e não ter problemas na chegada – principalmente se estou viajando sozinha.

Planejar as atividades
Hora de planejar as atividades e fazer o roteiro de tudo o que eu pretendo ver e conhecer. Pesquiso sobre os horários de abertura, como chegar e tudo sobre o que eu quero conhecer. Nem sempre é possível ter todas as informações, mas tento pesquisar o máximo possível. para não perder muito tempo buscando estas informações quando chego no local de destino.

Fazer as malas
Faço as malas (no caso, a mochila, pois só levo uma) sempre com pelo menos uma semana de antecedência. Viajando sozinha ou não, I keep it simple e levo apenas uma mochila (às uma mochila pequena, que serve para ser levada a bordo) com o que eu considero bem necessário. Não gosto de carregar peso e nem gosto de levar coisas que eu sei que não vou usar e acredito que viajar com menos é SEMPRE melhor.

A minha mochila viajante andando de tuk tuk no Camboja 🙂

Aproveitar a viagem
A melhor parte de uma viagem até pode ser esperar por ela, como algumas pessoas dizem, mas eu particularmente adoro a viagem em si. É hora de aproveitar e colocar o roteiro em prática. Uma dica? use o roteiro como guia, não como regra. A realidade de um lugar nem sempre é o que esperamos e planejamos e não há nada de errado nisso.

Anúncios

2 comentários sobre “Como planejar uma viagem e montar o roteiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s