Viajar com pouca bagagem é possível

Fazer a mala para uma viagem é uma das coisas que eu menos gosto de fazer quando se trata de viajar. Leva tempo, planejamento, bastante organização e sinceramente, nem sempre tenho essa disposição. No entanto, depois de tantas viagens e depois de tanto carregar peso inútil por aí, eu acredito que finalmente aprendi a viajar com pouca bagagem e isso facilita muito a minha vida, desde a hora de fazer a mala até o fim da viagem.

Mas como assim? Bom, levando menos coisas mas pensando bem sobre cada peça escolhida, eu perco menos tempo fazendo a mala e escolhendo o que vestir durante a viagem. Além disso, não carrego peso inútil e uso tudo, ou praticamente tudo o que levo.

É um processo bem simples e fácil: primeiro, é preciso saber o destino e a duração da viagem. Depois, pesquiso sobre o clima do local no período da viagem e também pesquiso um pouco sobre a cultura do local – se preciso me vestir de alguma maneira específica ou evitar certos tipos de roupa. Por último, decido sobre as atividades e passeios que prentendo fazer: se vou caminhar muito, jantar em algum lugar que exija uma roupa mais arrumada, ir ao teatro ou apenas visitar parques e museus… e por aí vai.

Sabendo tudo isso, já fica mais fácil. O segundo passo é escolher as roupas de acordo com a duração da viagem, destino, clima, atividades e cultura. Eu escolho diversas roupas e depois faço uma seleção final.

Como escolher quais as roupas levar?

Eu sempre escolho peças simples que combinem entre si em várias ocasiões (vou deixar um exemplo com fotos no final do texto). Por exemplo, procuro escolher blusas e camisetas que combinem com todas as calças, shorts e saias que eu levar, assim fica mais fácil de escolher o que vestir e todas as peças escolhidas terão mais chances de ser usadas durante a viagem. Eu sempre formo “conjuntos” com as roupas escolhidas antes de colocá-las na mala, assim tenho uma ideia de como vou usar cada uma delas.

Sempre dou preferência às peças que combinam com a maior quantidade de outras peças, assim posso levar menos itens e ainda assim ter opções variadas. Uma boa ideia é escolher peças neutras, com poucas estampas ou com estampas que sejam fáceis de combinar.

E se faltar roupa durante a viagem?

Quando faço viagens longas, não costumo levar uma peça de roupa para cada dia. Levo um número de peças que seja suficiente para pelo menos a metade da viagem e vou lavando as roupas usadas no caminho. Até hoje, em todas as minhas viagens longas que precisei lavar roupas, não tive problemas. Nos locais onde me hospedo, normalmente há uma máquina de lavar a disposição ou então, serviço de lavanderia bem em conta, o que sempre acabou valendo a pena no meu caso.

Exemplo de como eu faço em viagens longas:

As fotos a seguir são de roupas escolhidas para uma viagem de 20 dias por dois países de clima bem quente. Um deles não tem muitas restrições e o outro, precisa de um pouco mais de cuidado na hora de se vestir – como evitar roupas muito curtas e preferir calças e saias longas. Além das peças nas fotos, também coloquei dois vestidos (que não fotografei).

9 blusas e camisetas:

IMAG5057
9 blusas e camisetas

Uma saia, dois shorts e duas calças – uma das calças já será usada na viagem de avião:

IMAG5059
Uma saia, dois shorts e duas calças – uma das calças já será usada na viagem de avião.

Agora as combinações:

Das 9 blusas, 8 combinam com a calça jeans verde.

IMAG5060
Das 9 blusas, 8 combinam com a calça jeans verde.

Das 9 blusas, 7 combinam com a calça jeans azul:

IMAG5061
Das 9 blusas, 7 combinam com a calça jeans azul.

Das 9 blusas, 7 combinam com o short jeans:

IMAG5062
Das 9 blusas, 7 combinam com o short jeans.

Das 9 blusas, 5 combinam com o short estampado:

IMAG5063
Das 9 blusas, 5 combinam com o short estampado.

Das 9 blusas, 3 combinam com a saia estampada:

 

IMAG5064
Das 9 blusas, 3 combinam com a saia estampada.

No total, então, para 20 dias de viagem por dois países com culturas diferentes eu levo, neste caso:

9 blusas e camisetas
1 saia
2 shorts
2 calças
2 vestidos (que como falei anteriormente, não fotografei)

De calçados, optei por um tênis todo preto (que combina bem com tudo e é super confortável para caminhar) e uma sapatilha que também combina com todas as roupas escolhidas e também é confortável caso precise caminhar bastante com ela. Sempre levo também um par de chinelos.

Levo sempre um casaco leve para usar no avião, mas esse levo comigo e não coloco na mala.

Foi organizando a minha mala assim que eu aprendi a carregar menos peso, a passar menos tempo fazendo a mala, menos tempo escolhendo o que vestir durante a viagem e menos tempo arrumando a mala durante a viagem, entre um destino e outro. No final, acabei “ganhando” mais tempo para aproveitar a viagem, que é o que realmente importa.

Anúncios

2 comentários sobre “Viajar com pouca bagagem é possível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s