Um passeio pelos parques de Praga

O centro histórico, a ponte de Carlos e o castelo são, sem sombra de dúvidas, os lugares turísticos mais conhecidos e visitados de Praga, mas há muito mais para ser visto na cidade.  Praga oferece muito além do seu centro histórico e um exemplo disso são os diversos parques que existem aqui. Para quem vem passear e deseja fazer um passeio que fuja um pouco dos lugares mais turísticos, esses parques são uma excelente opção em qualquer estação do ano e valem a pena a visita, seja pela sua extensa área verde, localização, importância histórica ou pelas vistas lindas que oferecem de Praga. Preparei uma lista de quatro parques que vão deixar qualquer roteiro turístico por Praga mais bonito ainda:

Fortaleza de Vyšehrad

bpmfev

Uma parte do parque na Fortaleza de Vyšehrad no outono.

Com certeza, um dos meus lugares favoritos em Praga, o parque de Vyšehrad fica numa parte mais alta da cidade e também um pouco mais afastado do centro histórico. O ruim disso é que talvez não dê tempo de ir até o parque caso você tenha poucos dias de estadia. O lado bom é que ainda é um local com um número relativamente baixo de turistas e as vistas são incríveis por lá. Dá para passar o dia visitando a igreja, o cemitério (que também é bastante famoso e histórico) e o parque inteiro, que é enorme, e oferece vistas de vários lados de Praga – tudo isso onde antigamente era uma fortaleza. Conta a lenda que foi aqui onde tudo começou e que, na época em que Praga ainda não existia, a Princesa Libuse – que morava na fortaleza – profetizava que via uma cidade “cuja fama alcançaria as estrelas”.

Como chegar: Linha C do metrô, parada Vyšehrad ou o bonde até a parada “Výtoň” ou “Podolská vodárna”.

O Jardim Real

Outro lugar muito turístico e de grande importância em Praga e na República Tcheca é o Castelo de Praga. É um ícone e compõe a paisagem da cidade com muita beleza. É lá que está localizado o Jardim Real, de onde podemos ter vistas lindas de Praga: desde os jardins, até a entrada principal do Castelo, as elas são sempre interessantes. Infelizmente, o jardim só está aberto durante os meses de abril a outubro. Por fazer parte do castelo, esse parque não é como os outros, pois possui várias regras aos visitantes e também por possuir horário e período de abertura, mas também vale a pena a visita.

Como chegar: metrô linha A, estação Hradcanská, ou então o bonde 22 até a parada Pražský hrad.

Vítkov

Vítkov é um parque e memorial nacional. É lá que está exposta a estátua Jan Žižka, um personagem importante na história da República Tcheca e também algumas salas de museu que contam um pouco da história do país. De longe, o local pode não parecer muito atraente ou de fácil acesso, mas uma visita permite conhecer uma área ainda pouco explorada pelo turismo e ter vistas bem altas da cidade, de uma perspectiva bem diferente de outros locais.

Como chegar: metrô linhas B ou C, estação Florenc.

Parque de Letná

Um parque grande, lindo e localizado perto do Castelo de Praga. Daqui, as vistas são bem diferentes das dos outros lugares: dá para ver (quase) todas as pontes de Praga. No verão, há vários eventos por lá, festivais, concertos e também é um lugar bem popular para assistir a queima de fogos de artifício no ano novo. Pela sua proximidade do Castelo de Praga, também é uma boa alternativa para quando o Jardim Real está fechado, pois este parque está aberto durante o ano inteiro.

Como chegar: metrô linha A, estação Hradcanská.

Stromovka

O parque de Stromovka é o maior parque de Praga. Por ter a superfície plana, é bem popular para a prática de vários esportes nos meses mais quentes e também um ponto de encontro entre amigos e famílias. Dentro do parque há restaurantes e bares, tornando-o  ideal para quem deseja passar o dia todo por lá. Há também a possibilidade de fazer piquenique e churrasco (no estilo europeu) em determinadas áreas do parque que são designadas para tal.

Como chegar: bondes 5, 12, 14, 15, 17. Parada: Vystaviste

Todos os lugares citados neste texto são de fácil acesso caminhando ou utilizando o transporte público, sobre o qual eu já falei aqui. A passagem do transporte custa 24 coroas tchecas (aproximadamente 3,90 reais), válida para um trajeto de 30 minutos. Para quem quer utilizar o transporte mais de uma vez, sai mais em conta comprar o passe de 24 horas, que custa 110 coroas tchecas (aprox. 18 reais) ou o passe de 72 horas, que custa 310 coroas tchecas (aprox. 51 reais). Todos os parques citados tem entrada gratuita.

Esse texto foi originalmente publicado no blog Brasileiras pelo Mundo.

Anúncios

Um comentário sobre “Um passeio pelos parques de Praga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s